domingo, 21 de outubro de 2007

Slide

"Música alta, só gritaria; cenário típico de shows. Ele me convidou para compatilhar a sensação de querer viver aquilo para sempre.
Nada de política, só música e curtição. Podíamos fazer o que quiser naquele momento; gritar, dançar, amar...
Meus nervos explodiam, sensações misturadas com as palavras, aquelas repetidas por todos. Notei aquele olhar.
A chuva começou a nos molhar, levar os maus consigo. Ele pulava nas poças que formavam, o jens e all star ficaram encharcados.
Me abraçou, ríamos num tímbre igual ao da música. Passou sua mão por meu cabelo molhado, me olhava na boca, deslisava seus dedos sedentos de carinho em meu rosto.
' Could you whisper in my ear the things you want to feel I'll give you anything to feel it comin'. ', dizia a música.
' Peace, liberty and love ', nós respondíamos uns aos outros.
Aos poucos procurou meus lábios com os seus, aos poucos ns sentimos atravéz deles."

2 comentários:

aiko-chan disse...

ah, num li xDDDD

"Quem se define infelizmente se limita." Não sei quem foi o grande filósofo dessas palavras, mas explica a ausência das minhas."
eu li outro *capota*

Anderson disse...

=OOOOOOOOOOOOOOOO

caramba que lindo *___*

quem escrevou? foi tu? O__o"

mas ficou da hora mesmo ^^

desculpa meio que sumir por duas semanas... mas eh que eu me esqueco que tenho vida... xDDD

te amo may! cuide-se ^^