sexta-feira, 23 de novembro de 2007

O sonho de uma aranha

Conto feito a partit de um sonho que eu tive nas férias de inverno. Sonho triste.

"Não teve tempo de se despedir, nem de olhar nos olhos deles uma última vez e levar consigo o amor que tinha. Ele partiu.
Ninguém sabia como. Mas ele não voltou. Encontraram um suposto ele, mas era irreconhecível.
Foi anúnciado que partira por conta de chamas. E o medo.
Não sabiam se o medo era realmente de quem pensavam que era. Mas ele não voltou.
Suas roupas estavam joagadas perto do medo. E das cinzas. Quase que as chamas o consumiu po inteiro.
O olhar de sua irmã era vazio. Ela não pensava. A dor era mais forte que a vontade ou a necessidade. E assim ficou, em choque, durante uns dias.
Ele era tão forte, tão companheiro, tão simpático, tão... observador. Apesar dos acontecimentos recentes, eu o via assim. Ele era assim. Eu o conhecia de longas manhãs, longas tardes... e poucas noites. Aqueles poucos dias que conversávamos como amigos ele me fez ver o que ele era.
Lágrimas escorriam durante dias. Incessantes.
Sua irmã olhava vazio. Eu chorava. Seus pais não acreditavam. Poucos de seus amigos estavam esgotados. Os colegas confortavam.
E outros dois, com uma pequena angústia, muito menor que a profundidade do riso, comiam e bebiam, como se ele apeas tivesse ido passear.
Mas ele tinha partido, e minhas lágrimas o queria de volta."

Na verdade, ele foi um pouco diferente disso, o sonho tinha uma final. O garoto era um animago(pra quem conhece Harry Potter), e antes de morrer ele se transformou em uma aranha e quem acabou sendo cremado foi um outro garoto que nada tinha a ver na história. E eu observava uma que tinha ficado presa na minha mochila, quando ela se transformou no meu amigo.
Pelo menos ele não havia morrido!

5 comentários:

Juliana disse...

linda a história, mas triste xDD

TE amo
=*

Bubbles disse...

:D Ok ok.... eu posto com vc esperando atrás da porta! XDDD

perde um poco a graça, mais pois bem!

tah muito massa o blog, preciso lembrar de vir aki mais vezes! XD

e akele post do pc me fez pensar.. hsuahusauhsauhsah... eh, vc escreve bem mesmo... gostei do texto...
e o sonho pareceu meio triste.. mais ao mesmo tempo.. diria.. confortante... talvez que.. exprimindo algo.. o que vc não consegue entender? y'know, metafísica, interpretação de sonhos! husshuauhsauhsauhsa

ah... e ciúmes eh normal... e ocncordo com vc... acho bom e ruim...

enfim, fica por isso, postarei mais vezes... 8D
bjs!! ^^/

Mário Cau disse...

Achei a história muito bonita. O titulo em si não remete à historia diretamente mas isso a torna muito mais intrigante.
Gostei com e sem sua explicação final. Adorei como vc usou as palavras, como vc joga as frases e elas flutuam fazendo sentid como um todo.o
Abelhas num enxame.
Bjo, sis!

Juliano disse...

Pelo menos ele não morreu, e talvez ele sempre fosse o que ele realmente é, mas não sabia lidar com isso e acabava fazendo coisas erradas.

;*

Anderson disse...

concordo absolutamente com o senhor mario cau! ^^

e de fato may... vc escreve muito bem... dah pra imaginar boa parte do que foi seu sonho soh no texto... e com a explicacao final vc completou o que faltava pra saber realmente o que vc sonhou... eu como tenho imaginacao hiper fertil (mentira xD) consegui ver tudinho (essa parte nao eh mentira)

oh... tah de parabens como sempre... embora seja uma historia um pouco triste, ela toca fundo na gente! ^^ gostei mesmo! ^^

te amo may! e tah de parabens como sempre!

ps: jah posso montar o fa clube? xDD

=**