quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Outra noite

Parece que não tem mais fim. Ela bate na porta dele, logo aqueles olhos azuis a recebe, ambos sorriem. Aquela camisa branca dele a lembra a da primeira vez que tiveram a sorte de se encontrarem. Se olha no espelho do quarto, cabelos cacheados caindo ao ombro da blusa rosa, acha que aquele jeans a deixa simples demais comparando-se a ele.
Sentam-se na cama.
-A gente precisa conversar - ele diz.
-Eu sei - ela responde.
Ela se levanta e vai ao banheiro, tira da bolsa a maquiagem e se olha no espelho. Ele, ainda na cama, ajusta a gola da camisa, deixando um silêncio entre os dois.
-Acredito que temos futuro, - recomeçou ela - você me fascina. Ainda falta muito para nos conhecermos, mas isso não é impedimento.
Ele concorda com a cabeça, ela volta ao quarto, os braços ele a envolvem, se sente protegida, se sente incapaz de fazer outra coisa a não ser tocá-lo.
-Vamos jantar? - ele pergunta.
-Na verdade, eu queria ficar mais um pouco contigo. - ela responde.
-Eu tenho espaço para ti na cama.
Ela ri, é o que mais quer.
-O que acha de me visitar no meu quarto? Se meus pais descobrem que não estou lá, me obrigam a dormir com eles - ela sugere.
O casal dá as mãos e sai pela porta. Quem diria que iriam se encontrar justo naquele hotel?

3 comentários:

Johnny M. disse...

Esses pequenos contos, alguns de apenas um parágrafo, são uma proposta interessante. Eu gosto. E gostei do teu texto. Vc tem dominio.

dudalak disse...

É, a musik silver and gold realmente fala de uma realidade tristee, já a Aprecciate eu quis dizer pruma pessoa aproveitar a vida pq apesar de vc naum perceber ela é curta demais
amei seu texto muito legal
sorte pra vc
bjoOs

Anderson disse...

olha olha... elogios surgindo antes do meu Post...

xDDDD

bom... como sempre não sei o que falar pra ti sabe?

é que fico babando tanto nesses seus textos que fico sem palavras pra comentar...

e como não tenho uma visão tão crítica assim quanto a literatura... só posso elogiar da maneira simples de sempre! ^^

você escreve DEMAIS! (não sei se foi erro de português escrever assim xD)

a cada dia eu perco um pouco mais do meu português, acho que é a convivência com os japoneses... mas estou começando a me esquecer de algumas regras de português e talz...

bom... fazer o que né...

beijooossss may!

love¹²³¹²³¹²³ you! ^^