terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Fim de ano... mas já??

Olá! Eu não sei que dia é hoje. Eu só sei que é terça-feira. Não me pergunte se é 30 ou 28, eu não sei responder. Me perdi completamente. Enão façamos este como o último de 2008, talvez.
Acho que ninguém sabe, mas 2008 foi o ano mais difícil e mais fácil em todos os aspectos. Eu mudei de escola 3 vezes, foi fácil, mas depois de um tempo tornou-se difícil. E essa descoberta teve um delta t de 3 dias, 7 meses e 2 meses, em ordem respectiva de escola.
Vamos recomeçar do começo. Meu ano começou com um castigo: mocidade; devido a um passeio sem autorização que fiz à Serra Negra, tudo bem, eu superei e amei a mocidade. Para quem não sabe, é como crisma, mas de espíritas.
Então veio o colegial, duro e chato. Escola nova, o que durou três dias, anyway, voltei para a antiga escola.
Estudei, me empenhei na escola. Escrevi, fiz o que eu amo.
Tanto que eu ganhei boas notas de redação, literatura e uma publicação.
Não apenas uma, mas duas.
Layer Zero #2 foi lançado em maio, dias antes do meu aniversário. Café Espacial #3 em novembro, entre as minhas provas finais(que eu passei)(com uma nota linda de história, vitória).
Eu fui realmente vitoriosa, li 359 páginas de Lua Nova em apenas um dia.
Eu li livros incríveis. Escrevi coisas ótimas por conta dessas leituras. (Marina, essa foi pra você)
Eu me apaixonei, acho. Talvez, quem sabe, eu não sei. Eu era sincera, vocês sabem. Todo mundo aqui deve saber.
Agradeço imensamente esse ano incrível aos meus professores que me ajudaram com minhas notas melhores, Stephenie Meyer, Jane Austen, meus amigos(novos, velhos e os peridos, os achados e os comprados), minha família(principalmente meu pai), minha nova tia de 16 anos. Tipo, todo mundo que me fez calma por pelo menos um instante, calma ou feliz, alegre, realizada, vocês que sabem que adjetivo usar.
2009 está quase aí, porque eu não sei que dia é hoje.
Posso fazer uma pequena e última observação?
Ok, o blog é meu, eu faço o que quero.
Que o verde esteja com vocês. Eu quero dedicar tudo que bom que tive este ano à Bela, a coisa mais próxima que eu tive de filha até hoje.

4 comentários:

And Yoshi disse...

é, realmente foi um ano de muitas mudanças e um susto tremendo no fim de ano! AEHEUHhUHUaeuhEUeu

e 2009 aguarda por mais surpresas! assim espero...

que 2009 seja repleto de alegrias e que seja um ano de muitas recordações, tanto pra ti quanto pra mim ^^

e eu sei o quanto é difícil perder um animal que se tem tanto apreço...

mas, espero que tudo melhore! =D

beijos May! love you~~

· Dany Souza disse...

2008 foi um ano cheio de surpresas boas e ruins.. Que 2009 seja um ano maravilhoso pra todos nós :)
O blog está linduuu

Beijoooos

www.secrets-specials.blogspot.com

Marina disse...

O seu 2008 daria um livro também, não? POR CONTA (ai, até dói!) da quantidade de acontecimentos, acho que seria um livro do tamanho de "Um best-seller pra chamar de meu", hehehhe!
Muito bonito seu post, não sei nem o que dizer! Só preciso te agradecer por ter me apresentado E emprestado Crepúsculo e Lua Nova, por ter conversado comigo sobre cada detalhe do filme e do livro, aliás, por ter ido assistir comigo também!
Acho muito bacana descobrir cada vez mais coisas que temos em comum, priminha!
Espero que 2009 nos aproxime ainda mais, e que em janeiro você possa voltar pra sp, pq senão lerei Eclipse antes, hehehehe!!
Tudo de bom pra vc, tô com saudades!!
Te amo!!

Telma disse...

eu fiz você de olhinhos brilhando!
s2