quinta-feira, 16 de julho de 2009

Conversas


Se conhecer é conversar consigo mesma todas as noites. Mas não basta apenas conversar, é necessário entender a si mesmo. Indecisões são prova de que a pessoa que você enxerga no espelho todas as manhãs não é tão companheira assim.
Olhar para si mesmo não é necessário. Você jamais enxergará a realidade. Ou você verá um reflexo ou uma simples foto. É preciso mais.
Perguntar à alguém quem é você só atrapalhará. Quem é de fora conhece o lado externo. Mas não o interno.
Como é possível se conhecer então?
Aprender a aprender é um bom começo. O aprendizado é uma parte da descoberta sobre si mesmo.
É uma navegação no escuro sem GPS. Sem auxílio.
Você e você mesmo enfrentam as ondas. Você é o capitão e você é o tripulante. Não adianta terceirizar a tripulação. Fazer isto é quebrar o navio ao meio.
Não digo que a solidão, então, é a solução. Pois na maioria das vezes você não está sozinho. Sempre alguém te ouvirá. Você.


Um comentário:

Thales Campos disse...

Tem gente que se vê sozinho em certas situações, onde só ele pode mesmo se ajudar. Alguns até se revoltam porisso.

Conversar consigo é um exercício saudavél e altamente nescessário e vem a te ajudar no convivio com a socieade como um todo.

Muuuuuito Booom! ^^