sábado, 1 de agosto de 2009

Piano

Eu passava naquela rua quase todos os dias, da casa de portão branco sempre saia um som de piano, eu lembrava do meu amigo, era a única pessoa que sabia tocar o instrumento. Nos últimos tempos continuei passando naquela rua, mas nunca mais ouvi o piano. Não vejo meu amigo faz um mês e não temos uma boa conversa há um ano. Semana passada me disseram que ele estava internado no hospital com bronquite, pneumonia ou água no pulmão, não sei, apenas sei que o estado é grave.
Hoje eu passei em frente a casa de portão branco, ouvi o piano sendo tocado. Mas estava diferente, parecia que as mãos que produziam aquela música não conhecia as teclas tão bem. Imaginei que, de alguma forma, aqueles erros tivesses relação direta com meu amigo. Eu tinha certeza que ele vacilou em algum momento para estar naquela cama de hospital.

Nenhum comentário: