sexta-feira, 5 de março de 2010

—Um espresso duplo, por favor

Por favor, leia este post como se ontem fosse hoje, certo? Imagine a pessoa que você era antes de dormir essa noite lendo isto.

Eu adoro quando as minhas quintas parecem sextas. Hoje eu até esqueci que amanhã tem aula de x, y e z e a turma combinou de usar roupas bregas. Quintas quando eu não me preocupo com o horário. Há muito tempo não tinha uma dessas.
Confesso, corri atrás de algumas coisas para a formatura, mas foi tão pouco e tão satisfatório. Hoje eu meio que libertei meu passado, joguei fora a Mariana antiga com quem estava tão acostumada. Eu gosto de mudar, eu estava precisando da minha atualização periódica.
Essa coisa começou na quinta passada. quando saí para comprar sapatos com a minha mãe. Ela me escolheu uma sandália com um salto diferente, olhei torto. Eu achei um sapat boneca de couro branco com um detalhe em cobra, não era o que eu usaria. Mas deixei minha mãe levar.
Hoje o detalhe de cobra e o salto meio quadrado sou eu.
Ano passado pensava que eu existira durante o terceiro colegial e tudo acabaria muito rápido. Hoje eu quero viver o terceiro colegial, me formar e me vestir de brega amanhã.
Essa tarde foi uma boa porque conversei com gente que há muito tempo não via. Eu deixei aquele meu preconceito de "histórias antigas". Foram histórias sem fim que me marcaram negativamente. Eu conversei com o fotógrafo e com a empresa de convites. Tomei um café com o escritor.
Eu achva que ser o passado de alguém me tornava persona non grata. Hoje foi diferente. Eu sou bem vinda. E, mesmo que não fosse, mostraria para esse alguém que estigmas devem ser quebrados. Afinal, eu quebrei, destrui e queimei o meu. Posso provar, meu cabelo e minha roupa estão cheirando a cinzas.


Sim, hoje eu fui à escola vestida de brega. Mas isso é história para mais tarde...

Um comentário:

And Yoshi disse...

É história para mais tarde que eu já imagino que vai render boas horas de conversa! hehe

Realmente estigmas e tabus são duas coisas que estão aí para serem quebradas!

Espero que você possa quebrar muitos mais desses! ^^

Beijos!